Peixe Mandubé ou Palmito pode ser encontrado na Bacia Amazônica

O peixe mandubé é também conhecido como palmito ou fidalgo, chega a medir 50 cm de comprimento e pesar em torno de 2,5 a 3 kg. 

Tem corpo alongado de dorso azul escuro e coloração amarelada clareando em direção ao ventre. Cabeça larga e achatada com olhos laterais, boca com maxilar superior proeminente e pequena abertura branquial como é comum à espécie. Apresenta forte aguilhão na nadadeira dorsal.

Pode ser econtrado na Bacia Amazônica, Araguaia-Tocantins e Prata, onde vivem ao longo do rios, remansos e corredeiras. Como a maioria dos bagres, freqüentemente habita o fundo dos leitos de rios de médio e grande porte com águas escuras e barrentas. São carnívoros vorazes e, em sua dieta, estão peixes menores, camarões de água doce, pequenos anfíbios e, ocasionalmente, insetos.

O palmito recebe esse nome pela maciez e o sabor que sua carne apresenta, muito diferenciada em relação a outras espécies de couro. A espécie, de carne bastante saborosa, pode ser capturada durante o ano inteiro e tem o tamanho mínimo para o abate limitado em 35 cm.

O melhor equipamento para se pescar o mandubé são com varas leves, linhas 17 a 20Lb e anzóis nº 2 a 8. Usa-se iscas de pedaços de peixe, pitus, minhocas, insetos. tuviras e os minhocoçus.
=

1 comentários:

Déia disse...

Olá pescador, sumi e voltei. vim pegar seu banner para continuarmos nossa parceria. se possivel retornar o nosso.

Gostei das dicas dos peixes, tenho comido bastante esses tempos.

bjos


www.mundo-afora.com