A Lagosta suas características e sua importância econômica para o país

A lagosta é um crustáceo com corpo robusto e revestido de uma carapaça espessa, cheia de espinhos, com cerdas duras no tórax. As fêmeas são menores que os machos, alcançando 25 cm de comprimento, enquanto que os machos podem ir a 36 cm ou mesmo 60 cm. As lagostas espinhosas, ou seja, da família Palinuridae, na sua maioria, são originárias da Austrália, Nova Zelândia, Cuba, Brasil, África do Sul, Estados Unidos e México. 
No Ceará existem duas espécies de lagostas economicamente importantes: a Panulirus argus, a lagosta vermelha, e a Panulirus laevicauda, lagosta de cabo verde. As fêmeas de lagostas Panulirus argus e Panulirus laevicauda em processo de reprodução possuem comprimento que pode ser maior que 15cm aproximadamente. As larvas de lagostas são conhecidas como filosomas, os quais, via de regra, habitam o oceano, onde completam onze estágios, dentro de um período de aproximadamente um ano.Ela se alimentam de animais mortos, mas caça toda espécie de crustáceos, devorando mesmo os da sua espécie. Além disso gosta muito de caramujos de concha calcária. A lagosta durante o dia permanece em seu abrigo (cavidade de rochas, corais ou emaranhados de algas), com o corpo oculto e antenas estendidas. À noite, sai em busca de alimento, retornando ao abrigo de manhã. Quando ameaçada, a lagosta dobra o abdomem, com a nadadeira caudal aberta em leque, ao mesmo tempo em que mantém as patas e antenas orientadas para a frente, facilitando assim um rápido deslocamento. A lagosta é um produto de exportação de grande importância para o Nordeste brasileiro. Há uma preocupação visível e constante com o decréscimo da produção lagosteira, razão pela qual se propõe o cultivo da lagosta de forma sustentável.

3 comentários:

Globo Virtuall Net (PC) disse...

gostei do post, afinal adoro pescar

parabens pelo blog


acesse tambem

http://globovirtuall.blogspot.com

Léo & Ana [Avaí] disse...

já coloquei seu banner no http://kdezinho.blogspot.com/

abraços

Aimee Porto disse...

Muito obrigada! Estou fazendo um trabalho e esse post me ajudou muito!