Jacaré do papo amarelo

Tava o Toinzim e o Mirim pescando ali no pantame. Muriçoca era mato. Mutuca e porvinha também. O Mirim doido pra ir embora enquanto o Toinzim nem tium. Negócio dele era pescar uma trairona pra levar pra cidade e fazer inveja na turma. Por isso continuava distraído, só pensando no que faria quando chegasse à cidade. Aí Mirim resolveu provocar.

- Toinzim, jacaré comeu meu pé!

Distraído, fumando um pitinho de palha, o amigo apenas perguntou:

- Qualé dês, sô?

Como Mirim viu que a brincadeira não colou, resolveu apelar.

- E eu sei lá, Toinzim! Ce num vê que jacaré é a cara dum, fucinho do otro?! Tudo iguar?!!!

Texto do amigo Eurico de Andrade do excelente blog: Causos de Tabuí

1 comentários:

Eurico de Andrade disse...

Domizete,
Obrigado pelo espaço. Virei aqui de vez em quando para aprender a pescar com você. Grande abraço.