Lagosta

Lagosta é o nome genérico dado aos crustáceos decápodes marinhos da subordem Palinura, caracterizados por terem as antenas do segundo par muito longas e os urópodes em forma de leque. Podem atingir tamanhos grandes (mais de um kg) e têm uma grande importância económica, uma vez que são considerados alimentos de luxo.

As lagostas vivem em todos os mares inter-tropicais, desde as rochas costeiras, até grandes profundidades. Nos arrecifes, os pescadores entram no mar à noite e na maré baixa com uma luz forte tipo farol de carro ligado a uma bateria do mesmo, capaz de deixá-las imóveis para capturá-las.

Quando a pesca é feita com maior frequência, é mais difícil encontrá-las, pois as poucas que restam ficam dentro de buracos nestas formações rochosas ou até por debaixo delas.

Durante o período de reprodução a pesca de lagosta é proibida no Brasil.

A lagosta é um produto de exportação de grande importância para o Nordeste brasileiro. Há uma preocupação visível e constante com o decréscimo da produção lagosteira, razão pela qual se propõe o cultivo da lagosta. Não há cultivo comercial de lagostas no Brasil e, no mundo, poucos juvenis de lagostas são cultivados em escala comercial. http://pt.wikipedia.org/wiki/Lagosta

2 comentários:

Andréia Lino disse...

Adoro lagosta pena q é tão caro! e n sei preparar...

vim aqui pescar informações...

bjos!

PlanetaCelular disse...

caro amigo

o banner do seu blog está em destaque no planetacelular.blogspot.com

abs
Paulo Araujo