Ômega-3 - Encontrado na Gordura dos Peixes pode Combater Epilepsia

Cientistas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) revelou que o ômega-3, forma de gordura presente em algumas espécies de peixe, pode ajudar no combate à epilepsia.

Em experimentos com animais, os pesquisadores verificaram que o ômega-3 é capaz de minimizar a morte de neurônios (células nervosas) durante os ataques epilépticos e, de quebra, ajudar na regeneração do tecido cerebral.

A epilepsia, que ocasiona convulsões e perda de consciência, pode ser controlada com a ajuda de medicamentos, mas não totalmente curada. Agora, os pesquisadores querem repetir o experimento com seres humanos. O cientista da Unifesp adverte, no entanto, que as pessoas com epilepsia não podem abdicar de seus remédios: o ômega-3 é só mais uma forma de minimizar as crises da doença.

O que é Ômega-3?

- O ômega 3 é um tipo de gordura muito benéfica para o coração, cujos benefícios vem sendo pesquisados desde a década de 70, e hoje já são fatos confirmados. Ômega 3 é um tipo de gordura encontrada em peixes marinhos (salmão, arenque, bacalhau, etc.), e em menores concentrações na soja, castanha e óleo de canola. Essa gordura não é produzida pelo organismo humano portanto, deve ser fornecida através da alimentação.

O que é Eplepsia

- A epilepsia é um distúrbio que afeta o cérebro e se expressa por crises repetidas, caracterizadas por manifestações motoras, sensitivas, sensoriais, psíquicas ou neurovegetativas. Não se trata de uma doença específica ou uma síndrome única, mas de um conjunto de condições neurológicas que levam a descargas elétricas excessivas e anormais no cérebro. Essas descargas desencadeiam as crises epilépticas, que podem se manifestar de várias maneiras.

- Meus amigos leitores que porventura leiam minhas matérias, podem achar estranho a o tipo de matéria neste blog. Mais acho relevante informar o quanto devemos dar importância do peixe em nossa alimentação. Mais uma vez estamos vendo que a carne e a gordura dos peixes, conforme pesquisadores e cientistas brasileiros, é essencial para termos uma vida saudável.

1 comentários:

ruppnig disse...

é arriscado para um atleta de arte marcial combater com problemas eplepticos há algum risco grave quais se houver quais serão?